terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Parar ou correr, qual é o sentido da vida?

Diante dos dias me pego presa em correntes invisíveis, essas correntes são feitas de medos, de incertezas, de insegurança, tento abri-las, mas cada movimento é em vão não sei como  funciona esse mecanismo, fico imaginando qual a melhor solução parar ou correr, e minha mente gira e gira sem parar e chega ao mesmo ponto inicial, questões e mais questões, sentimentos e mais sentimentos, movidos pela inconstância dos meus dias e a melhor solução palpável é respirar e ver que estou viva dentro de mim, mesmo hoje não tendo forças pra quebrar essas correntes.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Um Coração e uma vida!

Já tentei esquecer esses anseios, estou silenciando ao máximo que posso, estarei calada o quando conseguir e se persistir não conseguirei controlar, vai além de mim, do meu entendimento, do meu pulsar, não consigo esconder o brilho nos olhos que me trouxe, não consigo esconder os sorrisos que brotaram, tenho calma, e espero que tudo se contorne, que tudo se encaixe, que tudo tome um rumo, sem pressa me apego ao silêncio meu melhor amigo, meu confidencial, meu porto seguro, minha fonte de equilíbrio. Eis uma luta constante entre a razão e o coração, entre o querer e o não querer, entre o possível e o impossível, entre a paz e o turbilhão, entre o fogo e a água, entre a brisa e o tufão, entre um coração e uma vida.

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Coragem!

Quando aquela vontade já não é mais seu pedido principal, de repente você percebe que as prioridades e os anseios já não são mais mesmos, você mudou, a vida mudou, tudo mudou, em suas orações as prioridades mudaram, assim como aquele pedido que você faz quando apaga as velinhas do bolo de aniversário, e você não compreende ainda, mas suas vontades estão mudando e se moldando, vai chegar um belo dia que a ficha vai cair e você verá que a tempos as coisas já estavam diferentes e você já está preparado, aí vai descobrir que a força já está dentro de você, só falta a coragem de viver, a coragem de seguir, a coragem de deixar.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Mundo Particular!

Como saciar essa vontade?
Como deixar em silêncio algo que pulsa em meu coração?
Como calar se o que mais quero é falar?
Como controlar o que meu coração já não controla?
Como fingir que nada está acontecendo?
Como mentir para o meu coração?
Como esconder dos meus olhos o que os faz brilhar?
Como fazer esse pulsar parar dentro de mim?
Como expulsar algo que quero que fique, que me faz sorrir?
São pensamentos e sentimentos soltos, em um mundo particular.