quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Confusão

Quando eu percebi eu já estava distante de você e de mim, a saudade já havia diminuído assim como o sentimento, me tornei uma pessoa sem sorrisos, aquela alegria nos dias se transformou em solidão, os sonhos já estão distantes demais e o que vivo todos os dias é uma indecisão entre o querer e o não querer, entre o ser e o não ser, enquanto essa confusão faz parte dos meus dias vou me tornando uma pessoa amarga e fria, tenho mil vontades, mas ao mesmo tempo não tenho nenhuma, quero sorrir, ficar alegre, mas ao mesmo tempo é como se houvesse uma barreira entre a alegria e a solidão e eu estou bem nesse meio, confusa e sem saber por onde caminhar, ou como se quer caminhar.

2 comentários:

  1. Mayara, boa noite!
    Ficar longe de quem amamos é terrível demais. Infelizmente, às vezes é a realidade a enfrentar. Quando é esse o caso, ser amargo e frio é um castigo ainda maior, e um sofrimento duplo.
    Belíssimo texto.
    Um abraço carinhoso
    Fe

    ResponderExcluir
  2. Boa noite, a vida e seus percalços, vamos vivendo e aprendendo a lidar com as situações. Abraços

    ResponderExcluir