quarta-feira, 18 de maio de 2016

Pés no chão

Para aqueles que acham que eu moro na fantasia de um mundo encantado, pelo contrário meus pés estão firmes no chão, sei até onde posso ir, sei quando parar, sei quando recomeçar, se falo em fantasia, em coisas irreais ou em sonhos ilusórios é porque quero trazer mais vida aos dias escuros, e sem sentido que passamos, sou centrada, sei o que quero, então não digam que parar seria a melhor solução, pelo contrário seria a destruição de uma vida se concretizando, eu não posso, eu não quero, eu não vou parar, e esse tal mundo encantado que falo é meu porto seguro, dentro da minha mente, que criei para não enlouquecer com o mundo real, porém sei que piso em cacos, desço degraus e subo, pulo muros, venço e perco batalhas.

terça-feira, 17 de maio de 2016

Charlie meu amor

Desde que nasceu me encantou com seu jeitinho, aos poucos foi crescendo e se tornando parte de mim, com seu olhar dengoso sei que quer carinho, com seu olhar guloso sei que está com fome, com seu olhar sapeca sei que quer brincar, com sei jeito pegajoso sei que está com ciúmes, sei quando chora por sentir falta, sei quando quer que fiquemos, sei quando está bravo, conheço todos os teus instintos e seus gostos, e amo cada um deles, amo poder pegar você no colo mesmo estando meio gordinho e pesado, sei que ama roer móveis, madeira, comer chinelos, folhas, ursos e brinquedos, sei também que adora dormir coberto, mesmo as vezes estando calor, amo fazer carinho em você, amo ter você pra mim.
Seus olhinhos castanhos brilhando são uma estrela no meu caminho, você faz parte de mim e eu faço parte de você.