terça-feira, 21 de maio de 2013

Aos poucos tudo vai perdendo-se...

Sinto saudade de sonhar, meus pensamentos não conseguem mais alinhar-se, as dores vão corroendo as alegrias, e assim os sonhos não conseguem mais nascer e tudo transforma-se em vazio, é como se eu quisesse milhões de coisas e ao mesmo tempo não quisesse, é como se eu tivesse liberdade, mas estivesse presa. Sonhar era uma das leis da minha vida, porém hoje já não é mais, as circunstâncias me tornam vazia. Eis a questão querer ou não querer, sentir ou não sentir, ficar ou partir.

7 comentários:

  1. Poco a poco todo se va perdiendo; pero, también recuperando e intensificando. Debemos conseguir construir, de nuevo, esos sueños que han quedado relegados por la dura Realidad.
    Me ha encantado este Post.
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aos poucos o tempo se encaminha de criar novos sonhos, novas expectativas, as vezes isso demora e dói, dói muito, mas nada que a fé e a esperança não reconstruam.

      beijos

      Excluir
  2. Texto bem delicado...
    É complicado voltar a sonhar novamente quando os sonhos já não querem voltar à sua função em nós, mas não que eles não possam voltar. É preciso esperar passar o tempo e tranquilizar o coração para os próximos novos sonhos.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. É muito ruim quando perdemos a capacidade de sonhar, porque quando nada mais resta ainda temos a dádiva de poder sonhar.

    ResponderExcluir
  4. Eu não deixo de sonhar, não consigo por mais que esteja doendo muito.

    ResponderExcluir
  5. "O Mundo está nas mãos daqueles

    que tem coragem de sonhar,

    e correr o risco

    de Viver seus

    SONHOS"
    ~Paulo Coelho
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  6. Jéssica, Dayane, Ariana, e Fernando, estive um tempo ausente por isso a demora para responder, mas quero agradecer por todas as palavras.

    beijos

    ResponderExcluir