domingo, 26 de agosto de 2012

Nas asas do vento pego carona para viver!

Nas asas do vento pego carona, vou percorrendo os caminhos da felicidade, rumo as estrelas. Sempre buscando os sorrisos e a delicadeza nos dias.  Ah doce vida que encanta por seus belos campos e olhares, ah doce vida como eu te amo, e te busco. Minha vida, minha querida vida, tu és meu maior bem, o mais precioso, pois me mostra o amor, a gratidão, a compaixão, a felicidade, me dá tudo que preciso para ser feliz e agradecer por viver. Ahhhh vida tu me encantas de tal forma que viver se torna uma graça.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Ah como são doces os dias com você...

E quando os sinos tocarem quero estar ao seu lado, me deliciar com seus doces encantos, saborear os segundos, mergulhar no seu mar. Quando estou assim ao seu lado meu coração parece transbordar de tanta alegria, você me contagia, me envolve de tal  forma que não há como escapar, estou acorrentada aos seus laços de amor, estou presa por minha própria vontade.

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Paciência..!

  A vida nos dá tempo, porém não nos da paciência, isto devemos buscar dentro de nós, porém é muito difícil ser sempre uma pessoa calma, cautelosa, mas mesmo assim tento incansavelmente, sei que sou uma pessoa falha, mas isso é normal quando se busca mudanças e conquistas, porém devemos lutar com paciência, pois os percalços são longos. 
  Hoje minha vida tomou um novo rumo, e nesse rumo vejo a alegria que necessito para sorrir, para viver, isto parece até soar estranho, acho que ainda não me acostumei com a alegria, pois a tristeza sempre é o caminho mais fácil, sem grandes saltos, mas não basta, é necessário viver, amar, correr, mas o principal ter paciência, aí você perceberá que aos poucos as coisas vão tomando o seu lugar, o lugar traçado para elas.

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Olhos...

Olhando dentro de meus próprios olhos no reflexo do espelho pude sentir algo que à muito tempo já não sentia, pude encontrar minha alma, foi como se aqueles olhos penetrassem em mim e transformassem os velhos medos em sonhos novos, lágrimas correram sobre meus olhos cansados, pude entender que a amargura e a dor estavam indo embora, pude compreender que ali estava nascendo um novo tempo de luz, a vida me deu uma nova chance, eu não posso perder tempo, ele tem que ser meu aliado à partir de hoje, não temerei os infortúnios, nem mais as angústias e os medos, serei forte o suficiente para andar junto com o tempo, e controlar os meus medos, não mais temerei viver e ser feliz, andarei no caminho dos sonhos e da alegria, encontrarei a paz e os céus.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Meus pensamentos...

Estou dando um tempo para minha cabeça, os ânimos precisam acalmarem-se, não quero atropelar as palavras e nem o tempo, preciso curar e transformar essas angústias. Queria ter coragem para largar o meu mundo, o meu porto seguro e seguir um rumo qualquer pela vida afora, não que eu queira fugir, mas acho que isso me faria bem neste momento. Meus pensamentos parecem agulhas que me ferem a todo momento, não sinto dor, mas sinto angústia, é como se algo estivesse fora do lugar. Quero encontrar nos meus pensamentos a paz necessária para caminhar sem medo, sem pressa, quero encontrar no meu coração a harmonia que necessito para viver tranquilamente, quero ver nos meus sorrisos a sinceridade, quero ver no meu mundo não um mundo diferente, mas sim um modo diferente talvez de pensar ou até mesmo de agir, talvez eu apenas esteja confusa, ou talvez eu tenha que mudar alguns ideais, algumas metas, embora eu saiba o que quero, eu não sei o que quero, embora eu sorria e esteja feliz, estou triste também, é confuso a sensação de completo e vazio ao mesmo tempo, é estranho a sensação de fogo queimando sem cessar.