sexta-feira, 27 de julho de 2012

"Amor"

Vivemos procurando dias melhores, dias de luz, onde tudo pareça perfeito, não somos tolos quando acreditamos em sonhos ou no amor, seriamos tolos se não acreditássemos nisso, afinal a vida é uma eterna descoberta de dores, de prazeres, de amores, vivemos em uma luta incansável com nós mesmos, é normal a constante mudança de caminhos, de ideias, de pensamentos, mas uma coisa é e sempre será única e indestrutível o tal do "amor", ele nos envolve, nos fortalece, nos revive, ele transforma a nossa essência. 

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Você..!

Seus olhos pareciam tão doces, assim como suas palavras e seus gestos, parecia que vivíamos um conto de fadas, era tudo tão perfeito e intocável. Amava seus longos abraços e sua pele macia tocando a minha, até que por um motivo qualquer você mudou, suas palavras tornaram-se fortes, duras parem serem aceitas, era como se você estivesse me matando aos poucos. Perto de você eu parecia forte, mas logo que saía eu caía em pranto, era tanta, tanta dor que parecia que eu não iria suportar tanto desprezo, tanta amargura, nossos corações foram afastando-se ,criaram muralhas indestrutíveis, eu queria você, mas pelas suas atitudes não me queria mais, lutei até onde meu coração aguentou, até que eu desisti por doer demais. Hoje, você construiu sua vida, construiu seu castelo, enquanto eu ainda luto com meus pensamentos para esquecer aqueles momentos, eu não desisti de viver com você e nem de viver, apenas fiz o que era melhor para mim.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Controvérsias!

Eu poderia querer dominar o mundo ou até mesmo ser a pessoa mais amável, mas o que quero é apenas paz e poder transmitir amor as pessoas, hoje o mundo é muito cruel, muita pobreza, muita fúria, se essas pessoas pudessem conquistar o amor dentro delas talvez as coisas parecessem mas fáceis, segundo ensinamentos mesmo na dor devemos agradecer a Deus, e eu penso dessa forma, Deus não nos dá nada que não consigamos suportar, mas e quando se fala da miséria, Deus não estaria ali? Muitos pensam assim, mas acredito que Deus esta ali, e por algum motivo que não sei qual aquelas estão naquela situação pobre. 
E quando se fala de crueldade, Deus estaria ali? Não, Deus não ensina maldade, Ele não gosta disso. Há controvérsias e mais controvérsias sobre a existência, a miséria, até mesmo sobre Deus. Diferente e iguais a muitos eu acredito no amor de Deus e vivo isso em minha vida, sempre acreditando e respeitando a minha existência, pois a vida foi o bem mais precioso que Ele nos deu.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Saudade!

Eram lindos aqueles olhos profundos que me olhavam, eram horas e horas de ternura e amor, que abraço doce você me dava, eu me envolvia em seus braços e sentia o calor do seu amor, como era bom te ter ao meu lado e saber que era por completo, sem faltar uma vírgula.O nosso amor era uma mistura de imaginação com realidade, vivíamos tudo com intensidade, ah saudade, até mesmo das brigas bobas do dia a dia, ah essa saudade que me invade e traz lembranças boas, que devem ficar guardadas pra sempre no meu coração, pois eu não quero deixa-las ir, eu sei o que vivi, eu sei o que senti, não quero perder o sentido deixando isso intocável na minha memória, hoje o que me resta é a lembrança e a doce saudade.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Nação Corinthiana!


Não poderia deixar de falar de uma das minhas eternas paixões, o MEU CORINTHIANS, não é só torcer, é apreciar, é amar, é ser fiel, é estar ali na luta, na vitória, na derrota em qualquer que seja a situação. Serei sempre corinthians, pois somos muito mais que torcedores somos uma nação unida, fiel, uma vez corinthians sempre corinthians, corinthians até morrer! Parabéns pela vitória na Libertadores INVICTO. Não para, não para, não para, vaiiiii corinthians!!!

terça-feira, 3 de julho de 2012

Hoje sei o que é viver!

Durante muito tempo me tranquei, fechei meus sonhos, minhas ideias, minhas angústias, me deparei com situações difíceis e a única coisa que fiz foi fechar os olhos para elas e guarda-las como se não existissem, aquilo foi me consumindo, me torturando e com o tempo percebi que aquilo só me fazia mal, então resolvi jogar meus medos e minhas angústias, e abrir meu coração e recomeçar, pude perceber então que quanto mais vivo esta um coração mais ele pode amar e superar os obstáculos, e quanto mais guardamos medos e solidão, mais próximos estamos do poço, assim aprendi que superar é vencer, e trancar-se é perder-se, por isso hoje abro minhas asas e vivo, realmente hoje sei o que é viver.