quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Uma doce despedida!

Quando seus olhos olharam novamente nos meus, foi como se algo me tocasse, eu contei os segundos devagar, aliviei meu coração e segui em sua direção, tentando não demonstrar o quanto aquele momento era importante para mim, passaram-se cenas e mais cenas de nossa história sem fim, era como se eu tivesse tudo naquele momento, mas ao mesmo tempo não tinha nada, pois você tornou-se intocável para mim, mas eu precisava te ver, te olhar, te escutar, mas esse sentimento começou a doer e me corroer, queria correr até seus braços e me aconchegar novamente, queria sentir o seu doce beijo, mas o que me restava era me contentar com sua presença ali naquele momento, enfim nos aproximamos, você disse palavras doces, mas duras também, você me deu a liberdade de não te sentir mais, mas meu coração não queria isso, mas as palavras não conseguiram sair, e eu disse apenas está tudo bem, temos que viver, isso me machucou, mas tive que ser forte e parecer normal, então depois veio aquele longo abraço de despedida e você me disse adeus, mas eu te disse até logo.

12 comentários:

  1. Maya

    Dizer adeus sempre doi.
    Um até logo e até breve nos da esperança que um dia os caminhos se cruzam e tudo se renova.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bell!
      Realmente é assim o adeus machuca demais, mas somente a Deus pertence o nosso destino, embora um até logo basta.

      beijoos

      Excluir
  2. Sempre é doloroso um adeus...um ponto final.
    Entretanto o coração sempre aguarda um reencontro, com as esperanças sempre vivas enroladas com as palavras de um até logo!


    Amei!
    Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tallita!
      Sim pontos finais são dolorosos, mas somente à Deus pertencem, porém sofremos tanto com isso, mas quando a história não se dá um ponto final parece que nos aliviamos um pouco.

      beijoo

      Excluir
  3. Como decía Ricardo Arjona:
    "No se acaba el amor sólo con decir adiós, hay que tener presente que el estar ausente no anula el recuerdo, ni compra el olvido, ni nos borra del mapa".
    Emotivo y Entrañable Post.
    Un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola, es difícil decir adiós, cuando lo que queremos es conseguir más, pero es en directo, así que tenemos que poner un punto o puntos suspensivos tal vez depende de los tiempos que vivimos.

      abrazo

      Excluir
  4. Oi, May, bom dia!!
    Quem dera, um "até logo" tivesse o dom de desfazer o poder de um "adeus"; quem dera, aproximarmo-nos para nos despedir de alguém o impossibilitasse de afastar-se para longe; quem dera a doçura desse momento anulasse o amargor de seu efeito; quem dera a vida se constituísse de amarmos quem nunca nos deixasse. Mas alguém, a vida, a pessoa ou nosso coração não entendeu direito como as coisas deveriam ser, e por isso as coisas acabam como jamais gostaríamos que fossem...
    Um beijo carinhoso
    Doces sonhos
    Lello

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lello!
      A vida é formada de despedidas e de reencontros, então talvez não seja necessário um adeus, um até logo também dói, mas pelo menos machuca menos, pois fica aquele gostinho de esperança, até que um dia o seu coração talvez acabe por esquecer ou guardar aquele momento, aí talvez já não doa tanto.

      beijoo

      Excluir
  5. Bonito. Mas porque não demonstrar que estava triste?

    Tentando entender o universo feminino..rsrsrs beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniel!
      As vezes não falamos tudo que devíamos por medo, ou por orgulho este não é só o universo feminino, mas masculino também rs

      beijoo

      Excluir
  6. Dizer adeus, querendo dizer fica é talvez uma das maiores dores que se pode sentir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo!
      Realmente dizer adeus, quando o que você mais quer é dizer fica comigo, dói muito, mas na vida nem tudo é como a gente quer, então devemos aprender dar tempo ao tempo, Deus nos mostra os caminhos.

      beijo

      Excluir